Governo usará aplicativo para cadastrar trabalhadores informais que têm direito a auxílio de R$ 600

296
Entrevista coletiva do ministro da economia, Paulo Guedes

O governo federal anunciou, na tarde desta sexta-feira (3), que disponibilizará um aplicativo para que trabalhadores informais se cadastrem para receber o auxílio emergencial de R$ 600. A ferramenta será coordenada pela Caixa Econômica Federal e estará à disposição a partir da próxima terça-feira (7). Mais informações sobre o funcionamento do sistema serão divulgadas na segunda (6).

Conforme o governo, precisam se cadastrar no aplicativo apenas os trabalhadores informais que não estão no Cadastro Único; os microempreendedores individuais; e contribuintes individuais do INSS. Quem é beneficiário do Bolsa Família, por exemplo, não precisa baixar a ferramenta.

São os informais que terão de repassar dados ao governo, como endereço, conta bancária e demais informações. Após o cadastro, o Executivo afirma que irá depositar o valor de auxílio em até 48h.

— O aplicativo será super simplificado, não terá taxa ou ônus as pessoas. Será montada uma rede de proteção para quem mais precisa. O Brasil sair mais forte depois desse episódio — disse o ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni.