Sono e felicidade

152

Neste fim de semana, que tal aproveitar para colocar o sono em dia? É que os especialistas afirmam que noites bem-dormidas promovem milagres, ainda mais se o que está pegando você (ou incomodando as outras pessoas) for o mau humor ou a irritabilidade. “Alterações no humor podem, sim, ser uma consequência da privação do sono, que pode repercutir ainda na memória, na atenção, no desempenho e na resolução de tarefas”, diz o neurologista Fábio Sawada Shiba, da Fluyr Saudável – Clínica de Combate à Dor (São Paulo).

Para quem acha que dormir é perda de tempo ou, no outro extremo, daria tudo por uma boa noite de sono, mas não consegue por causa do filho pequeno ou do excesso de compromissos, o médico manda um recado: “É importante reservar um período para repouso e procurar manter os problemas fora da cama. Para isso, vale utilizar técnicas de gerenciamento de tempo ou de organização pessoal ou até mesmo redefinir as prioridades pessoais”, afirma.

Mas antes de partir para soluções drásticas, o doutor Fábio recomenda colocar em prática a chamada higiene do sono, que lista atitudes que devem ser evitadas ou colocadas em prática para que você consiga dormir a noite toda sem ter que contar carneirinhos e acordar descansada:

Evite…
– Comer alimentos gordurosos e em grande quantidade no jantar.

– Tomar café e bebida alcoólica à noite.

– Fazer ginástica puxada após as 20 horas.

– Dormir durante o dia.

– Ligar a TV, o celular ou o computador no quarto.

Procure…
– Dormir e acordar sempre no mesmo horário, inclusive nos fins de semana.

– Manter o quarto escuro e silencioso.

– Escolher um colchão adequado (ne rígido, nem macio demais).