Vírus da febre amarela já está na região e 70% do público alvo ainda não se vacinou contra doença

168

A força tarefa, que busca imunizar a população da região contra a febre amarela, se estendeu por dois meses e foi realizada nos 33 municípios de abrangência da 11ª Coordenadoria Regional de Saúde. Nesse período foram encontradas sem registro de vacinação mais de 22 mil pessoas com idades que variam de nove meses e 60 anos. Destas, 6 mil foram vacinadas. O restante ainda precisa se proteger contra a febre amarela.
Só que com a chegada do mês de setembro a situação piora. O momento é de alerta, pois o vírus já circula pela região. E quem mora no interior, ou frequenta esses locais, precisa se vacinar. Vale lembrar que todos os municípios da região ainda tem população por vacinar. O trabalho das equipes de saúde continua e a vacina pode ser feita através de agendamento ou por visitas às residências. “Estamos no alerta médico na região em função de sermos foco pela mata Atlântica. Estamos com municípios preparados e com vacinas à disposição para dar continuidade na vacinação da população. Com ênfase para área rural. Não temos nenhum caso suspeito. Há informação de vírus circulando, mas não temos nenhum caso e nenhum problema até o momento, reiterou o coordenador Regional de Saúde, Ivan Devenci.