Morre agricultor espancado em assalto

0
962

Morreu na manhã desta terça-feira(30), o agricultor Zacarias Faé, de 72 anos (Foto do agricultor 1981), que foi vítima de assalto na propriedade onde morava com a esposa, em Linha São Roque, Barão de Cotegipe. Zacarias e dona Lídia estavam na lavoura por volta de 11h da manhã da segunda-feira, 25 de julho, quando foram abordados por dois mascarados que anunciaram o assalto. A dupla arrastou Zacarias por mais de cem metros, entre a lavoura e a casa. Dona Lídia foi amarrada e assistiu os bandidos baterem no marido até ele desfalecer.

O Salão Comunitário de São Roque recebeu centenas de pessoas da região para o velório do agricultor, conhecido por ser prestativo, não ter inimizades e por ter dedicação a sociedade onde sempre morou. A indignação de todos no velório na tarde desta terça-feira, era o fato de os bandidos, identificados e apontados pelas vítimas, ainda estarem em liberdade.
Os assaltantes queriam dinheiro, mais do que os cerca de R$ 2 mil que já tinham se apossado. O agricultor sofreu tantos espancamentos que não suportou o tratamento médico por mais de 30 dias e faleceu. Na luta com os bandidos Zacarias conseguiu remover a touca ninja de um dos elementos que acabou sendo reconhecido também pela esposa.

agricultor barão

Os bandidos levaram também a camionete nova, que havia entrado na garagem da propriedade poucos dias antes, uma motoserra e uma espingarda. Tudo foi encontrado depois, destruído pelo fogo, no interior de São Valentim.
O delegado da Polícia Civil de Barão de Cotegipe, Germano Alves Lima, que preside o inquérito que apura o roubo, disse que agora, se confirmada morte de Zacarias em consequência dos ferimentos que sofreu no assalto, o crime se transforma em latrocínio. O delegado disse que a investigação está bem adiantada e prometeu novidades para breve.