Regionalização do Turismo é debatida em encontro

Regionalização do Turismo é debatida em encontro

107
????????????????????????????????????

O desenvolvimento social e econômico da região através do Turismo foi debatido na quarta-feira, 05 de abril, na URI Campus Erechim, com foco na regionalização e fortalecimento da estância de governança da região com a presença dos representantes dos municípios da AMAU. O encontro técnico contribuiu para que os municípios possam aderir ao Programa de Regionalização do Turismo, desenvolvido pelo Ministério do Turismo e sejam incluídos no mapa do Turismo Brasileiro.

No turno da manhã, sob coordenação do professor da URI, Julio Brancher, o assunto abordado foi sobre o Planejamento Estratégico de Desenvolvimento Regional, através de 3 projetos: Estruturação do sistema de Governança e do APL do Turismo na região do Alto Uruguai; Estruturação da Oferta Turística da Região e a Promoção do Turismo Regional: marketing e comercial.

Na parte da tarde tratou-se da Regionalização, onde os gestores foram orientados para a inclusão dos municípios no mapa do Turismo Brasileiro 2017 e preencherem determinados requisitos.

Agora é um período de oficinas nas regiões Turísticas do Estado para as Administrações Municipais conhecerem o processo, decidirem sua adesão e apresentarem os documentos necessários.

A Técnica em Turismo, Coordenadora do Diplan/SETEL, Cristina Beatriz Queirolo Feijó, sempre incansável em atender as demandas da Região Termas e Lagos, explicou o que foi e o que são as diretrizes e prazos a partir deste ano.

A vice-coordenadora da região Turística Termas e Lagos, Michele Sansigolo dos Santos, é a interlocutora neste processo, pela sua competência e conhecimento, além da prática na etapa anterior. Esta fase é de decisão e de preparação dos documentos. Os prazos abrirão em breve.

Ao final do dia tratou-se dos Roteiros Turísticos, o que nos remete aos aspectos: o que se visita, por onde se vai, o que se faz, quem guia ou conduz o passeio, como é o atendimento em todos os locais. A qualidade dos serviços e do que é oferecido deve ter permanente avaliação. O aspecto que nem sempre é considerado é a História, ainda mais no Centenário de Erechim, que é mãe de quase todos os trinta e dois Municípios da AMAU. Isto precisa ser considerado e estudado, pois a ocupação do território é a referência inicial da presença humana.

Como parte da programação, na quinta-feira, 07, os participantes do evento conheceram a produção de vinhos na cantina Vinhedo Soliman, em Itatiba do Sul.

O proprietário, Rogério Soliman, apresentou todo trabalho desenvolvido para construção da cantina e a produção dos produtos.

O presidente da AMAU, Beto Bordin, destacou o entusiasmo, a vontade do proprietário Rogério Soliman, em acreditar na produção de vinhos. E também se manifestou dizendo, “que nós todos os municípios da AMAU estamos apoiando e acreditando no desenvolvimento do Turismo na região, porque as regiões prosperam onde o Turismo se desenvolve. Vamos buscar recursos, porque estamos um pouco esquecidos pelos Governos Estadual e Federal. E nós aqui do norte precisamos ser vistos, porque nossa região tem potencial turístico, agora é preciso se mobilizar, cada município fazendo sua parte” manifestou o presidente Bordin.

A prefeita de Itatiba do Sul, Adriana Tozzo, agradeceu a visita de todos, destacou a propriedade da família Soliman, que leva o nome do município para o Estado e o País, quem sabe em breve para o exterior. Ressaltou a necessidade de olhar mais para o Turismo, fomentar esta área. “Na maioria das vezes nós administradores acabamos dando mais ênfase para outras pastas e acaba o Turismo ficando de lado. É importante fazermos um esforço coletivo de que o Turismo esteja em nossa pauta. Precisamos fomentar projetos regionais e ter o auxilio do Governo do Estado na defesa junto ao Ministério do Turismo em Brasília para conseguir mais recursos para nossa região”, falou a prefeita Adriana.

Para a coordenadora da Região Turística Termas e Lagos, Maria Vanda Krepinski Groch, precisamos decidir, resolver, estabelecer. “Já temos metade do caminho, a partir deste momento vamos ultrapassar mais da metade para o desenvolvimento do Turismo. O Turismo trás dois tipos de desenvolvimento: um é o social, as pessoas mudam, as cidades mudam, o relacionamento entre as pessoas mudam para melhor e o outro é o desenvolvimento econômico”, ressaltou a coordenadora, Vanda Groch.

Estiveram presentes os prefeitos de Jacutinga, Beto Bordin; de Itatiba do Sul, Adriana Tozzo; Barão de Cotegipe, Vladimir Farina; Barra do Rio Azul, Marcelo Arruda; vice-prefeito de Itá-SC, Domingos Rodrigues dos Santos; vice-prefeito de Barra do Rio Azul, Maximino Basso; Secretários Municipais de Erechim, de Administração, Valdir Farina, de Obras Públicas e Habitação, Vinicius Anziliero, de Desenvolvimento Econômico, Altermir José Barp, o coordenador de turismo da Emater, Walmor Gasparin, entre outros.