Cinco alimentos saudáveis que devem ser consumidos com moderação

266

Como tudo na vida, moderação é a palavra-chave para manter uma alimentação equilibrada. Não é porque um alimento é considerado saudável que deve ser consumido sem consciência e atenção. Listei alguns exemplos que são interessantes de serem consumidos na dieta, mas com moderação – e atenção. Veja:

Sementes e castanhas
São alimentos ricos em gorduras poli-insaturadas, ômegas 3, 6 e 9, além de conter fibras, vitaminas, minerais e compostos com potencial antioxidante. Versáteis na cozinha, podem fazer parte de pratos doces e salgados.

Mas, atenção: devem ser consumidas com moderação e consciência, pois fornecem muitas calorias em pequenas porções.

Bolachinhas sem recheio
Podem parecer inofensivas, mas em geral são “calorias vazias”, compostas de açúcar, farinha de trigo, pouca ou nenhuma fibra, vitaminas ou minerais. Consumimos facilmente uma quantidade muito maior do que a ideal em uma alimentação equilibrada, já que elas não têm a capacidade de saciar.

Evite ter esse tipo de produto em casa para o consumo não seja habitual. Prefira as opções integrais, com castanhas e sementes.

Iogurtes com sabores artificiais
Em geral, esses produtos são cheios de gordura e açúcares, além de corantes, flavorizantes e aromatizantes, substâncias potencialmente inflamatórias para o organismo. São opções pouco saudáveis para uma alimentação equilibrada – ou seja, tenha cautela com o consumo. Prefira os iogurtes naturais com frutas frescas.

Água saborizada industrializada
Para ajudar no consumo da quantidade diária recomendada de água, muitas pessoas optam por incrementar a bebida com ervas, frutas e especiarias para deixá-la mais atrativa. No mercado, existem opções de água saborizada industrializada, mas muitas delas possuem corantes, conservantes, flavorizantes, aromatizantes e até mesmo açúcares na composição. Evite esses produtos e dê preferência às versões caseiras.

Pasta de amendoim
Queridinha do momento, a pasta de amendoim é uma excelente opção para aumentar o aporte nutritivo de lanches, como mingaus, frutas e sanduíches.

Mas cuidado com o excesso: além de ofertar muitas calorias em pequenas porções (por ser, basicamente, fonte de gordura), o alimento é rico em ômega 6, uma gordura que, quando consumida em excesso, pode ser pró-inflamatória.