Abertura da Colheita da Uva será nesta quarta-feira

1350

A 15º edição da Festa di Bacco terá inicio nesta quarta-feira (13) com a abertura da Colheita da Uva 2016, que será realizada, às 16h, na propriedade do Sr. Pedro Szady, na Linha Batistela, em Erechim. Após a abertura, os convidados poderão assistir uma apresentação artística e desfrutar de um coquetel.

No próximo domingo (17), inicia a comercialização de uvas e demais produtos coloniais, seguindo em todas as quartas-feiras e domingos, das 14h às 19h, até o dia 14 de fevereiro, no Seminário Nossa Senhora de Fátima.

Também no Seminário, no dia 22 de janeiro, haverá o jantar típico italiano. Os ingressos serão disponibilizados junto ao Sutraf-AU ou com os membros da comissão organizadora da Festa, no valor de R$ 35. E nos dias 23 e 24 de janeiro acontecerá a comercialização regional, com muitas danças, apresentações, jogos e competições.

A Festa di Bacco é uma promoção da Prefeitura de Erechim e realizada pela Emater/RS-Ascar, Sindicato dos Trabalhadores do Alto Uruguai (Sutraf AU), grupos culturais Avanti, Gilé e Estela Alpina, e Comissão da Uva. A corte da feira é integrada pela rainha Andreia Carla Cichet e as princesas Natalie Bandiera e Andressa Colla.

Produção no Alto Uruguai
De acordo com o assistente técnico regional em Fruticultura da Emater/RS-Ascar, engenheiro agrônomo Nilton Cipriano Dutra de Souza, a região do Alto Uruguai produz 700 hectares de uvas, com 483 produtores envolvidos na atividade. A safra de uva da região do Alto Uruguai foi afetada pelas condições climáticas adversas, como geada e granizo, e teve uma queda de 30% na produção. Cipriano observa que a produtividade inicialmente prevista era de 10.283 toneladas e foi revista para 7.198 toneladas. As principais variedades produzidas são Isabel e Niágara branca e rosa, Rainha, Itália e Benitaca, e para produção de vinhos finos são merlot e cabernet. (dados: Emater)