Corpo de piloto é encontrado dentro de avião que caiu em lago em Campinas do Sul

159

Após cerca de quatro horas de buscas, foi localizado o avião que caiu no lago da barragem do Rio Passo Fundo, em Campinas do Sul. Dentro da aeronave estava o corpo do piloto Alexsandro Rotava, 24 anos.

O avião caiu no lago da barragem do Rio Passo Fundo, no começo da noite de sábado (12). Após a queda, bombeiros militares de Erechim e bombeiros voluntários do município realizaram buscas na área do lago, mas devido à escuridão e aproximação de chuva forte, encerraram a procura e sinalizaram o local da possível queda, onde havia uma mancha de combustível, com uma bóia presa a uma âncora. Após, solicitaram apoio dos mergulhadores do Corpo de Bombeiros de Passo Fundo para reiniciar os trabalhos nesta manhã.

Por volta das 10h, os mergulhadores chegaram ao local e cerca de meia-hora depois vasculharam o local onde se encontrava a bóia, porém nada foi localizado. A procura na área se estendeu por cerca de uma hora e meia e os mergulhadores então passaram a procurar em outros pontos, com o uso de ganchos. Por volta das 14h15min, um funcionário da fazenda, que auxiliava nas buscas usando um barco e um gancho, conseguiu encontrar o avião. Os mergulhadores então desceram até o local e encontraram o corpo.

O acidente

O piloto Alexsandro Rotava, natural de São Valentim, realizava trabalho de pulverização em uma plantação de soja e após concluído o serviço, deslocava para aterrissar em uma área de pouso da fazenda Santa Rita, porém não chegou ao local e os colegas estranharam a demora. No mesmo instante, dois homens que estavam à beira do lago acompanhando o voo dos aviões ouviram um estrondo no lago e ao olharem viram uma cortina de água se erguer. A dupla então entrou em um barco e seguiu para o local, onde encontrou uma roda do avião. Os homens então foram para a margem e um deles seguiu a pé até a área de pouso, onde informou os colegas de Rotava sobre a queda do avião. A Brigada Militar e o Corpo de Bombeiros Voluntários de Campinas do Sul foram acionados e solicitaram apoio do Corpo de Bombeiros de Erechim para dar início às buscas. O local onde o avião teria caído possui entre cinco e seis metros de profundidade.