Hipertensão Arterial: a doença que se apresenta em silêncio

308

Por se tratar de uma enfermidade de caráter assintomático e afetar um número expressivo de pessoas, o dia 26 de abril dedica-se a divulgar informações e a incentivar a população a adotar hábitos saudáveis e realizar constantes verificações dos níveis de pressão arterial. O médico cardiologista e associado da Associação Médica do Rio Grande do Sul (Amrigs), Oscar Morency Otto Martins, explica que, nos últimos anos, os casos vêm crescendo e reforçando a importância desta data.

“A doença é silenciosa e não possui sintomas confiáveis. Por isso, é preciso medir a pressão e controlá-la. O que vem chamando atenção é o grande número de pessoas que não têm o controle adequado de sua pressão arterial. Entre outros fatores, esse fenômeno ocorre pela ausência de hábitos saudáveis, seja na alimentação, seja na ausência de atividades físicas” salienta.

O médico ressaltou a importância de, no mínimo, uma vez ao ano, efetuar a verificação da pressão arterial. Em condições normais, a pressão sanguínea deve estar com máxima de 120 e mínima de 80 milímetros de mercúrio, o que é chamado de 12 por 8.