Hospital São Roque de Severiano de Almeida trabalha para renovar Alvará

137

Instituição quer manter atual status de trabalho

A Associação Hospitalar São Roque de Severiano de Almeida tem realizado intenso trabalho para garantir a renovação de seu alvará como hospital geral. “Temos uma preocupação com as portarias divulgadas nas esferas Federal e Estadual que dificultam esta renovação, dando a possibilidade de transformar o Hospital em um posto de atendimento, mas nós não queremos que isso aconteça, pois temos estrutura de hospital e precisamos seguir desta maneira”, destaca o presidente da Associação, Darci Savegnago.

De acordo com ele, o Hospital São Roque possui estrutura de internação a longo prazo, 36 leitos, elevador para maca entre os andares, ar condicionado em todas as dependências além de clínica geral. “Estamos trabalhando para que esta estrutura seja mantida como hospital geral. Todas as exigências dos órgãos reguladores estão atendidas em nossa instituição”, pondera Darci.

O Hospital São Roque atende atualmente a população de Severiano de Almeida e também parte de Marcelino Ramos, através de convênios com estes municípios. Este mês também marca a retomada dos serviços de raio-x do Hospital, com equipamentos novos a disposição dos pacientes.

Darci salienta ainda que o Hospital São Roque representa muito para Severiano de Almeida. “São 79 anos de atuação, atualmente tendo uma estrutura atendida por 25 pessoas, entre funcionários e médicos. Temos tido atendimento de excelência, apoio imediato aos familiares, com atendimento que prioriza a aproximação entre a instituição e a comunidade”, amplia Darci.

Ele ressalta, que embora as dificuldades financeiras, o hospital tem conseguido apoio da comunidade para se manter. “Esta instituição foi construída pela própria comunidade, com muita dificuldade e que hoje não aceita o fechamento. Temos tidos eventos beneficentes que auxiliam a manter a estrutura funcionando, ações feitas novamente pela comunidade local”, completa Darci.

Ressaltamos a importância do investimento do Poder Público Municipal no custeio mensal desta entidade, onde atualmente são repassados R$ 90.000,00 (noventa mil reais/mês).