Outono deve ter chuvas abaixo da média

115

Primavera no Norte e outono no Sul, esta terça (20), será marcada por mudança de estações nos dois hemisférios. Para quem esperava que o inverno intenso no norte poderia de alguma maneira se revelar no sul, a resposta é negativa.

Tanto o Observador Meteorológico da Embrapa Trigo, Evegndonei Sampaio, quanto o meteorologista do portal de climatologia Climatempo, Alexandre Nascimento, destacam que a estação mais fria do ano no sul, deve ter temperaturas mais amenas, próximas do que foi em 2017.

Mas nesta terça, começa o outono e esta será uma estação marcada por chuvas menos intensas, influenciadas pelo fenômeno La Niña. Sampaio diz que não será novidade temperaturas de 8 graus centígrados pelas manhãs e 28 às tardes. “É normal do outono como também é normal termos chuvas em menor quantidade, especialmente nos meses de abril e maio”, enfatiza Sampaio.

Nascimento frisa também que a partir de junho as chuvas aumentam, assim como o frio, até pela aproximação do inverno. No entanto, os dois especialistas afirmam que o inverno deste ano não será tão rigoroso, mas que os primeiros frios podem surgir ainda em maio.
“Deveremos ter alguns dias frios e secos em maio e outros, com mais chuva, em junho”, cita Nascimento.

Sampaio diz que as médias históricas da região ficam na casa dos 100 milímetros mensais de precipitação em abril e maio, mas alerta para a formação de mais nevoeiros.

Nascimento explica também que abril e maio ainda terão dias mais quentes. “Não tanto quanto foi no verão, mas ainda sentiremos temperaturas mais altas, o que é normal para esta época do ano”, diz.

Semana seca

Nesta segunda-feira, último dia de inverno, pancadas de chuvas foram registradas em alguns municípios da região. A instabilidade, segundo Sampaio, se manterá até esta terça na região Alto Uruguai, podendo provocar pancadas em pontos isolados.

Mas entre a quarta (21) e a sexta (23), a expectativa é de tempo seco. O outono também começa com temperaturas mais amenas, na casa dos 25 graus centígrados de máxima, mas com evolução no decorrer desta semana.