SETCOM preocupado com os problemas na ponte entre SC e RS

2281

O presidente do Setcom, Paulo Simioni, está aguardando desdobramentos de um pedido feito à Fetrancesc e ao Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) para garantir a manutenção da ponte sobre o Rio Uruguai, entre Concórdia/SC e Marcelino Ramos/RS na BR-153.

Documentos foram encaminhados ao DNIT cobrando melhorar na ponte que divide os dois estados e tem como a BR-153 uma das principais ligações do Brasil com o MERCOSUL. Simioni afirma que o problema é relacionado aos amortecedores que ligam a estrutura de concreto da ponte e estão danificados.

Por isso, as placas de concreto acabaram balançando, principalmente quando o veículo mais pesado faz a passagem. Em alguns pontos da ponte é possível visualizar o rio entre as placas de concreto por onde passam os veículos. O risco de acidente também é grande. A preocupação é de que o desgaste entre as estruturas pode deixar a situação agravada, já que são milhares de veículos que passam diariamente pelo rodovia federal.

Nessa semana, o presidente da Fetrancesc, Pedro Lopes, disse que estará em Brasília reiterando o pedido do DNIT. Além disso, vai buscar alternativas para recuperar o asfalto que voltou a deslizar pouco depois da ponte, local onde um concerto foi feito no ano passado.