É possível conquistar o Corpo dos Sonhos?

1407

Com essa proliferação das mídias sociais e principalmente por causa da onda das publicações com fotos de todas as formas e jeitos, o que vemos comumente são posts de pessoas na musculação com os dizeres “esmaga que cresce, bunda na nuca, ABD chapado”, como se fosse simples conquistar o “corpo dos sonhos”.
A ideia de escrever este texto apareceu após uma cliente que voltou ao treinamento após muito tempo de inatividade comentar o seguinte “faz bastante tempo que não venho a academia, mas a maioria do pessoal que treinava quando eu vinha continua do mesmo jeito, não mudou nada”. Se você, leitor, der uma olhadinha rápida pela sua academia, tenho certeza que também terá a mesma percepção.

É evidente que o exercício físico tem outras finalidades, que não só a melhora da parte estética. No entanto, isso mostra que as pessoas (principalmente as que postam essas frases) não estão realmente dispostas e preparadas para as mudanças que devem ocorrer no estilo de vida. Sim, você não leu errado, é um ESTILO DE VIDA! Não é trocar simplesmente o pão francês do café da manhã pelo integral comprado no supermercado e sair para fazer caminhada na rua, é alterar por completo (para alguns) os hábitos atuais.
Então, se você encontrar algum profissional dizendo que é fácil, que em poucos meses você terá o corpo que deseja (isso vale para homens e mulheres), lembre-se da lista abaixo:

01 – A prescrição alimentar é individual e intransferível;
02 – A dieta prescrita é para ser seguida à RISCA, com a quantidade indicada para cada refeição, ou seja, terá que pesar os alimentos;
03 – Um dia, apenas um dia, que você deixa de realizar uma refeição que está programada, isso terá um efeito negativo no processo;
04 – Finais de semana não são dias “do lixo” (não sei quem inventou isso) e não é para comer o que quiser;
05 – Certamente você levará várias marmitas para o dia e para que você as tenha em mãos, terá que prepará-las (senão tiver quem faça por você…rs);
06 – E para que toda sua alimentação esteja adequada a sua necessidade, terá que pagar um bom nutricionista e gastar uma boa grana com alimentação e suplementação (se necessário);
07 – Você tem que treinar (é treinar, não ir conversar ou usar o wifi da academia) e dar o máximo em cada treino;
08 – E para treinar tem que pagar uma academia;
09 – Tem que seguir a programação de treino (se são 5 treinos/semana e você faz 3, vai reclamar do resultado?);
10 – Terá DESCANSO nos dias programados, não poderá faltar porque está chovendo ou frio;
11 – Senão existir acompanhamento de um profissional de Educação Física na academia onde você treina, terá que pagar um treinador;
12 – Seu treino é individual e intransferível, não o que as famosetes, blogueiras e ex-BBB fazem.

Eu coloquei apenas aspectos relacionados a alimentação e treinamento (posso escrever muito mais…rs), mas ainda falta citar visitas a médicos, realização de exames, tratamentos para possíveis alterações, em alguns casos utilização de hormônios (não vamos ser hipócritas, isso existe), acompanhamento de um psicólogo (se necessário), e tudo isso envolve TEMPO, DINHEIRO e muita FORÇA DE VONTADE.