RS teve abril com as temperaturas mais quentes neste século

189

Deu para sentir na pele: abril de 2018 foi um mês atípico para os termômetros. O mês que termina nesta segunda-feira teve temperatura muito acima do normal no Rio Grande do Sul. De acordo com a MetSul Meteorologia, o mês em 2018 foi o abril mais quente deste século.

Mais que isso. Este mês superou todos os períodos de abril pelo menos desde 1961, quando os dados passaram a ser analisados no formato de mapas. De lá para cá, houve anomalia de temperatura em outras seis oportunidades no mês de abril. Porém, o de 2018 os superou: “Abril teve as tardes mais quentes desde 1961 para o período”, avaliou a meteorologista Estael Sias. “Chegou a ficar quase 6°C acima da média histórica em alguns municípios gaúchos.”

Conforme a MetSul, um bloqueio atmosférico impediu a chegada de frentes frias, que poderiam trazer chuvas e, na sequência, uma massa de ar polar. A chuva ficou abaixo na maioria das regiões.

Maio, entretanto, deverá ter temperaturas mais amenas. “Ao longo do mês a situação deve ser diferente. Devemos ter a passagem de frentes frias trazendo mais chuvas, em termos de volume e sequência, e as primeiras massas de ar frio finalmente chegam ao Estado”, projetou a meteorologista.

“À medida que a chuva e a frente fria avançam, a massa de ar frio também consegue chegar. Provavelmente entre os dias 12 e 15 de maio acontecerá a primeira queda mais forte da temperatura. Na segunda metade do mês, o frio deve ser mais frequente e deveremos ter uma sequência maior de dias gelados no Rio Grande do Sul”, concluiu.