Campanha da Fraternidade apresentada na Câmara de Vereadores de Erechim

309
SONY DSC

A Diocese de Erexim realizou encontro de apresentação da Campanha da Fraternidade deste ano sobre Políticas Públicas na Câmara Municipal de Vereadores na tarde desta quarta-feira de cinzas, início da quaresma para as Igrejas cristãs, com a presença do Senhor Prefeito, Luiz Francisco Schmidt, do Bispo Diocesano, Dom José Gislon, alguns padres, dois secretários da administração, vários vereadores, assessores e diversas lideranças.

Inicialmente, o Presidente do Legislativo Municipal, Alderi Oldra, acolheu a todos, ressaltando a importância do momento e a iniciativa oportuna da Coordenação Diocesana de Pastoral ter sugerido a Casa do Povo para realizá-lo, em vista da temática da Campanha da Fraternidade deste ano.

Pe. Maicon Malacarne, Coordenador Diocesano de Pastoral, referiu que, em nome da comissão da Campanha, dirigiu-se ao Presidente da Câmara propondo este encontro, tendo plena receptividade. Agradeceu pela parceria, encaminhando a apresentação de uma resenha histórica da Campanha e da temática da atual, “Fraternidade e Políticas Públicas” com o lema “Serás libertado pelo direito e pela justiça”, inspirado no profeta Isaías, pelo Pe. Antonio Valentini Neto, chanceler do Bispado.

Ele apresentou a natureza da Campanha, seu histórico com os assuntos tratados em suas 56 edições e seus objetivos permanentes. Ressaltou que a Campanha é atividade de evangelização desenvolvida no tempo da quaresma para ajudar os cristãos e as pessoas de boa vontade a viverem a fraternidade em compromissos concretos no processo de transformação da sociedade a partir de um problema específico. É campanha com espírito do Concílio Vaticano II, consagrada bandeira pela vida, realizada incialmente em Natal, RN, e dioceses da região em 1962 e em âmbito nacional em 1964. Tem como objetivos permanentes despertar o espírito comunitário e cristão, educar para a fraternidade a partir da justiça e do amor, exigência central do evangelho, e renovar a consciência da responsabilidade de todos pela ação da Igreja na evangelização, na promoção humana, em vista de uma sociedade justa e solidária.

Expôs o conceito de Políticas Públicas – conjunto de ações a serem implementadas pelos gestores públicos, em vista do bem comum, na perspectiva dos mais pobres da sociedade. Mencionou os diversos passos de uma política pública, identificação de uma necessidade, sua inserção na “agenda de governo”, a definição de ações para solução da mesma e avaliação constante. Referiu os objetivos desta Campanha, seu cartaz, seu hino e a abordagem de sua temática no texto base seguindo a metodologia Ver-Julgar-Agir. A Campanha tem o objetivo geral de estimular a participação em Políticas Públicas, à luz da Palavra de Deus e da Doutrina Social da Igreja para fortalecer a cidadania e o bem comum, sinais de fraternidade. Entre os objetivos específicos estão: conhecer como são formuladas as Políticas Públicas, exigir ética na sua formulação e concretização e que assegurem os direitos sociais dos mais vulneráveis.
Por fim, convidou a todos a acompanhar um vídeo produzido pela organização da Campanha da Fraternidade para complementar sua exposição.

O ato foi concluído por Dom José Gislon que agradeceu ao Presidente da Câmara Municipal pela cedência do espaço e de sua infraestrutura. Enfatizou que os vereadores e vereadoras, pelo voto popular, receberam um mandato do povo, e que a Câmara é lugar privilegiado, onde ressoam com mais intensidade os anseios e as esperanças dos cidadãos. Nela, nascem, através do diálogo e do entendimento entre as forças políticas, as leis que protegem e respondem às necessidades do povo. Considerou o fortalecimento das Políticas Públicas sociais, na quais a dignidade humana, a solidariedade e o “direito de se ter direito” sejam condição política e religiosa da missão humana na terra, verdadeira prática do Evangelho. Destacou a missão de Cristo de trazer vida abundante para todos, desejando que seja defendida e promovida com amor e generosidade, através das ações pessoais e através das Políticas Públicas que regem a nossa sociedade. Concluiu sua manifestação solicitando ao Pe. Maicon a leitura da mensagem do Papa Francisco para a abertura da Campanha da Fraternidade deste ano.

O Presidente da Câmara agradeceu a presença do Senhor Prefeito Municipal e de todos os presentes, concluindo o encontro.